ANissan estaria considerando o lançamento de uma inédita picape elétrica compacta. Enquanto estuda meios para ampliar a eletrificação da sua gama, a marca japonesa também pode apostar neste segmento que voltou a atrair a atenção das grandes montadoras, principalmente nos Estados Unidos, um mercado acostumado a modelos de maior porte. 

De acordo com a matéria do site Automotive News, uma pessoa familiarizada com o assunto relatou que a Nissan estuda um novo modelo posicionado abaixo da picape média Nissan Frontier, com vistas principalmente ao mercado norte-americano, ao menos em um primeiro momento.

Galeria: Nissan Frontier/Navara N-Trek

Recentemente, o segmento de picapes compactas teve lançamentos de impacto como a Hyundai Santa Cruz e também a Ford Maverick, esta com versão híbrida e uma fortemente especulada versão 100% elétrica num futuro próximo. E de acordo com a consultoria IHS Markit, a categoria é bastante promissora e deve crescer para cerca de 99.000 unidades comercializadas em 2023.

Ford Maverick 2022 - movimento
Nova Ford Maverick 2022

 

Aproveitando o sucesso global da Nissan Frontier, a marca japonesa poderia expandir sua atuação de mercado para um segmento que deve se expandir rapidamente. 

"Uma picape compacta reposicionaria a Nissan em um segmento no qual os consumidores esperam que a marca atue, dado seu histórico de sucesso com a Frontier, disse Tyson Jominy, vice-presidente de dados e análises da JD Power."

"É um bom pivô para a Nissan oferecer uma picape em um segmento onde os concorrentes ainda não estão lá em peso", disse Jominy.

Galeria: Nissan e-NV200 Winter Camper concept

A Nissan ainda não confirma nada de forma oficial, com Judy Wheeler, vice-presidente de vendas e operações regionais da divisão da Nissan nos Estados Unidos, minimizando a especulação sobre o desenvolvimento de uma picape compacta elétrica, mas sem descartar a ideia.

De resto, a executiva destacou o fato da Nissan ter sido pioneira com o Nissan Leaf há mais de uma década: 

"Temos essa grande base que criamos com nossos consumidores, nossa rede de revendedores realmente forte que não só pode vender [VEs], mas também tem uma rede de serviços", afirmou. 

Apesar de ser pioneira com a produção em massa do Leaf, a Nissan viu o mercado se desenvolver rapidamente com as grandes marcas se preparando para lançar uma infinidade de novos veículos elétricos, enquanto a marca japonesa ainda permanece com poucas opções. 

Recentemente, a Nissan declarou que todas as suas linhas de veículos serão elétricas nos principais mercados a partir de 2030, o que reforça a ideia de uma picape elétrica compacta para ajudar a expandir a eletrificação dentro da marca.

Siga o montecarlosgames no Twitter

Siga o montecarlosgames no Facebook

Siga o montecarlosgames no Instagram

Fonte:Automotive News