AHyundai aproveitou o Salão de Munique 2021 para detalhar sua estratégia e define 2035 como o ano para a transição total para emissões zero na Europa, antecipando assim o que no mesmo ano poderia ser a proibição de motores de combustão considerada pela Comissão da UE.

O anúncio do grupo sul-coreano foi feito durante o evento alemão e também prevê o alcance da neutralidade climática para carros e atividades globais até 2045. Aqui estão as várias etapas e pontos-chave do plano da Hyundai.

Galeria: Hyundai - IAA Mobility

Datas e metas

Graças à eletrificação progressiva da gama, a Hyundai espera atingir 30% de suas vendas globais de veículos com emissão zero. Essa porcentagem, composta por veículos movidos a bateria (BEV) e células de combustível (FCEV), deve aumentar para 80% até 2040.

Na Europa, como mencionado, a Hyundai oferecerá modelos exclusivamente elétricos a partir de 2035, enquanto a partir de 2040 começará a eliminar definitivamente todos os veículos com motores de combustão interna do seu portfólio em nível global.  

A recém-nascida marca Ioniq, inaugurada em fevereiro passado com o Ioniq 5, deu uma forte aceleração em direção a um futuro com emissões zero. O próximo modelo será o Ioniq 6, que será inspirado no conceito Prophecy exibido no Salão Automóvel de Munique.

Hyundai no IAA Mobility 2021

A marca da Coreia do Sul também aposta no hidrogênio. Em 2023, será apresentada a nova geração do Nexo e um novo MPV com tecnologia de célula a combustível. Em 2025, no entanto, um grande SUV movido a células de combustível será lançado.

Mobilidade elétrica e além

O estande da Hyundai no Hall A1 na Messe Munich abriga os conceitos BEV, um robotaxi e algumas representações artísticas sobre hidrogênio. Os visitantes podem chegar aos diversos espaços físicos da IAA através do serviço Hyundai Blue Lane, que lhes permite experimentar os últimos modelos da marca, incluindo Ioniq 5, Nexo, Kona Electric e o ônibus Elec City Fuel Cell.

O táxi sem motorista está equipado com um software de direção autônoma nível 4 desenvolvido em colaboração com a empresa Motional e é baseado no Ioniq 5. Após uma fase experimental, a partir de 2023 os robotáxis entrarão em frota real em algumas grandes cidades dos Estados Unidos.

Nos próximos anos, a Hyundai continuará a investir em tecnologias como o hidrogênio "verde" baseado em energia renovável, veículo para rede (carregamento bidirecional) e a reutilização de baterias fora de uso.

Siga o Mahjong Ways no Twitter

Siga o Mahjong Ways no Facebook

Siga o Mahjong Ways no Instagram