O novo carro elétrico da JAC foi flagrado em testes no Brasil. Em um flagra publicado pelos nossos amigos do Auto+, a novidade da marca chinesa aparece sem camuflagem em um estacionamento em São Paulo e também mostra o interior. 

Estratégico para a JAC Motors, o novo Yiwei 3, que por aqui deve adotar um outro nome, foi lançado na China em meados do ano, sendo o primeiro modelo baseado na nova plataforma dedicada e responsável por inaugurar a submarca Yiwei, que, na prática, será uma nova linha de veículos elétricos.

JAC carro eletrico ejs3 (3)
JAC carro eletrico ejs3 (2)

O JAC Yiwei 3 mede 4,02 metros de comprimento (similar a um Hyundai HB20), 1,77 metro de largura e 1,56 metro de altura, com uma distância entre eixos de 2,62 metros (a mesma de um Nissan Kicks), proporcionando um espaço interno honesto considerando sua proposta. 

O visual se destaca pelos faróis de LEDs circulares e formato da carroceria com elementos arrendodados. Mas o novo carro elétrico aposta em soluções como maçanetas retráteis e uma pintura externa com possibilidade de dois tons com teto preto, embora a unidade do flagra tenha o teto na mesma cor do restante da carroceria.

Galeria: JAC Yiwei 3

Por dentro, o JAC Yiwei 3 traz uma grande tela central flutuante de 15,6" com sistema operacional desenvolvido em conjunto com a Huawei, quadro de instrumentos totalmente digital, recarga sem fio para smartphones e volante de dois raios com fundo plano.

O compacto é impulsionado por um motor elétrico de 70 kW (95 cv), alimentado por uma bateria LFP suficiente para 405 km de autonomia. Também há uma versão superior com 100 kW (136 cv) e 505 km de autonomia, sempre pelo ciclo chinês, mais otimista que os padrões ocidentais.

Em outros tempos à frente do mercado de carros elétricos na China, a JAC perdeu espaço para outras marcas locais e agora tenta um novo movimento com o lançamento da submarca Yiwei, com proposta de construção mais moderna, plataforma dedicada e sistema operacional mais maduro.

Com lançamento aguardado no Brasil para o início de 2024, seus principais rivais serão modelos como o GWM Ora 03, lançado com preços entre R$ 150 mil e R$ 184 mil, e o BYD Dolphin, que estreou em meados do ano por a partir de R$ 149.800 e se consolidou como o carro elétrico mais vendido do país. 

Fonte:Auto+